» Serviços

Assistência Técnica

A Comercial Bortolan mantém à disposição de seus colaboradores e parceiros, um corpo técnico experiente e qualificado que tem como função, atuar junto aos produtores e suas propriedades, repassando novas tecnologias de cultivo e manejo, bem como, gerenciamento e planejamento da propriedade, com credibilidade adquirida junto a grandes empresas do segmento, comercializa toda linha fertilizantes, defensivos, inseticidas, enfim, insumos para toda a lavoura de seus clientes, prevenindo e combatendo possíveis males que possam prejudicar sua lavoura, garantindo melhores resultados e maior qualidade da sua produção.

 

Tecnologia em Agricultura de precisão

Em um mercado tão competitivo quanto à agricultura, a necessidade do aumento da eficiência na cadeia produtiva é fundamental. Com a evolução da tecnologia, entre elas o GPS e equipamentos de informática desenvolvidos para os maquinários agrícolas, tornam-se realidade visualizar toda variabilidade presente em uma propriedade rural, e assim manejá-la de forma diferenciada, colhendo assim todas as vantagens que o sistema proporciona.

A Agricultura de Precisão permite o gerenciamento agrícola através de informações precisas, tratando diferentemente cada metro quadrado da propriedade, permitindo a aplicação dos insumos agrícolas no local correto e nas quantidades adequadas.

Nesse processo a análise de solo tem papel fundamental para avaliarmos a fertilidade do solo. E com base nos resultados das análises das amostras são determinadas as quantidades adequadas dos insumos a serem aplicados na lavoura, garantindo assim maior produtividade e lucratividade.

Com os dados gerados através dessa amostragem de solo detalhada e as coordenadas geográficas da área, é possível a aplicação de fertilizantes e corretivos em taxa variável, através de equipamentos modernos, os quais já estão muito difundidos no meio agrícola.

Esse sistema proporciona ao produtor:

  • Compra do fertilizante e calcário correto e na quantidade adequada
  • Aplicação localizada do insumo necessário em cada ponto
  • Possibilidade de redução de custos
  • Redução dos custos com mão de obra da lavoura
  • Aumento do rendimento operacional
  • Aumento na produtividade
  • Maior informação e registros de dados da lavoura
  • Tomada de decisão rápida e certa
  • Redução de impacto ao meio ambiente

 

Logísica Reversa de Embalagens Vazias de Agrotóxico para preservação do Meio Ambiente

A crescente preocupação pela preservação do meio ambiente e leis cada vez mais rígidas de responsabilidades sobre o descarte de produtos, os novos padrões de competitividade de serviços aos clientes e as preocupações com a imagem corporativa têm incentivado a criação de canais reversos de distribuição que solucionem o problema da quantidade de produtos descartados no meio ambiente.

No Brasil, devido ao fator em específico de embalagens vazias de agrotóxicos ter se tornado um grande problema ao meio ambiente por não ter uma destinação final correta, foi criado um órgão regulamentado pelo governo, o InpEV, para administrar com eficiência a destinação final dessas embalagens, exigindo o comprometimento de todas as áreas envolvidas.

A logística reversa está se tornando uma atividade econômica de crescente importância para a sociedade e organizações, seu fluxo visa à execução da recuperação de produtos descartados de forma adequada e eficiente, extraindo o máximo de valor e reaproveitamento, reintegrando-os ao ciclo produtivo.

Para tanto, conforme decreto nº 4074 de 04 de janeiro de 2002, que regulamenta a lei no 9974, de 6 de junho de 2000, que dentre outras dispõe sobre a destinação de embalagens vazias de agrotóxicos, confere as seguintes atribuições.

  • Art. 53. Os usuários de agrotóxicos e afins deverão efetuar a devolução das embalagens vazias, e respectivas tampas, aos estabelecimentos comerciais em que foram adquiridos, observadas as instruções constantes dos rótulos e das bulas, no prazo de até um ano, contado da data de sua compra.
  • § 3o Os usuários deverão manter à disposição dos órgãos fiscalizadores os comprovantes de devolução de embalagens vazias, fornecidas pelos estabelecimentos comerciais, postos de recebimento ou centros de recolhimento, pelo prazo de, no mínimo, um ano, após a devolução da embalagem.
  • § 5o As embalagens rígidas, que contiverem formulações miscíveis ou dispersíveis em água, deverão ser submetidas pelo usuário à operação de tríplice lavagem, ou tecnologia equivalente, conforme orientação constante de seus rótulos, bulas ou folheto complementar.

Comercial Agrícola BortolanPara adequação à lei, foi fundada a ARFITA – Associação das Revendas de Fitossanitários de Tapera/RS, localizada na Linha Cinco Irmãos – Tapera/RS, constituída conforme as normas ambientais, a qual tem por objetivo servir como posto de coleta de embalagens vazias de agrotóxicos, a qual a Empresa COMERCIAL AGRICOLA BORTOLAN LTDA é colaboradora e associada.

Como regra geral as embalagens retornáveis devem estar limpas, sem resíduos, secas e com rótulo de identificação. Também são retornáveis as caixas de papelão, embalagens flexíveis (envelopes – acondicionados em sacos plástico específico encontrado nas revendas), tampas, embalagens metálicas e de vidro que continham agrotóxicos. As embalagens de herbicida de milho são de difícil lavagem, consideradas contaminadas, sendo estas recolhidas em épocas definidas, pois devem ser remetidas para a central de coleta, em separado das tríplice lavadas.

Para conhecimento das partes interessadas, a ARFITA coloca-se a disposição para recebimento das embalagens, todas as quintas-feiras das 8:30 às 11:30.

Lembramos que as embalagens devem ter passado pela tríplice lavagem e devem vir acompanhadas da nota fiscal de compra. As embalagens contaminadas somente serão recebidas em dias específicos durante o ano, quando será feita a divulgação nos meios de comunicação. Para maior esclarecimentos o agricultor poderá procurar as revendas onde foi realizada a compra.

 

Planejamento Agropecuário

O planejamento da lavoura inclui elaborar a operação de plantio e definir quanto se pretende plantar, qual a capacidade de plantio, quantos hectares podem ser plantados, para ajustar o parque de máquinas à intenção de plantio, e qual é a capacidade de colheita. Com os insumos já comprados e com as semeadoras reguladas, não deve haver perda de tempo.

« Voltar